Ítaca

A Cidade do Mar Ioniano

Rei: Arcésio
Território: Cefalênia
Cidades: Faécia, Estrófades, Zacintos e Táfia
Símbolo: A Lança de Ártemis

O famoso herói Céfalo participou de muitas guerras no seu tempo. Uma delas ocorreu quando os exércitos da Táfia reivindicaram o reino de Micenas para si. No entanto, como o então rei Eléctrio ignorou a alegação, eles mataram todos os seus filhos e roubaram o gado micênico. O líder Anfitrião foi assim enviado na missão de recuperar o gado roubado e vingar os príncipes assassinados numa aliança militar que incluiu Céfalo, com os exércitos da Ática; Panopeu, da Fócida; Heleu, filho de Perseu, de Argolis; e Creonte, de Tebas.

Essa aliança devastou as ilhas dos Táfios e recuperou o gado roubado micênico. Todos os seus líderes foram muito bem recompensados, incluindo o herói Céfalo que recebeu várias ilhas no arquipélago do qual a ilha da Táfia fazia parte. Décadas depois, quando Céfalo se aposentou de sua vida militar, ele fundou uma cidade na modesta ilha chamada Ítaca e construiu um belo palácio no local onde viveu até o fim de sua vida. Atualmente, o governante da ilha é seu filho Arcésio, que tem se mostrado um excelente administrador.

Socidade

A ilha de Ítaca se tornou um importante ponto estratégico para a civilização Danaã, graças ao bom relacionamento entre o rei Arcésio e a harpia Íris que governa seu povo na ilha vizinha de Estrófades. Essas criaturas aladas tem sido de grande importância aos navegantes, pois sempre avisam sobre os fins das tempestades com um arco colorido nos céus e mantém as terríveis sirenes afastadas da região.

A ilha de Ítaca mostra-se bem modesta em razão de sua fundação recente, mas continua crescendo como um importante porto para se chegar nas terras da Sicília e da Tirrênia a oeste, assim como para desembarcar em segurança na cidade de Calidão ao leste por esta estar sempre rodeada de monstros. Todos sabem que o herói Céfalo só desejou viver ali para se isolar do mundo que lhe causou tanto sofrimento, mas sua cidade está se transformando num fator importante de expansão pelo mar ioniano.

 

Laertes

O príncipe Laertes é filho do atual rei Arcésio da Ítaca, mas ele prefere dizer que é neto do grande herói Céfalo que lutou ao lado de Perseu. Honrando seus antepassados, ele possui excelente habilidade com armas embora a inteligência seja seu maior atributo. Ele adora aventuras e explorar terras perigosas. No entanto, recentemente chegou a notícia de que sua noiva Anticleia, filha do grande herói Autolico, está grávida de seu filho.

Além desta notícia, como avisado por seu pai, Laertes também será nomeado novo rei da Ítaca. No entanto, o príncipe é um jovem inquieto e aventureiro. Ele ama a bela Anticleia, mas sofre com a ideia de deixar a vida de perigos pela vida tranquila do matrimônio e burocrática de um rei. Por essa razão, deixou sua cidade natal para viver as emoções de suas últimas aventuras.

 

Anticleia

Quando a bela Anticleia conheceu seu noivo prometido Laertes, ela ficou encantada com seu bom coração e belo rosto. Era o príncipe encantado que sempre sonhou para si. Nem haviam se casado ainda, ela se deixou seduzir pelo rapaz. Ambos tiveram muitas noites de amor. No entanto, quando os pais dos noivos marcaram a cerimônia de casamento, o jovem rapaz não reagiu bem, pois considerou que a união significava o fim de sua liberdade. Ele assim a abandonou a noiva em seu palácio para vagar pelo Hélade.

Anticleia sempre soube que seu amado voltaria para os seus braços. No entanto, no primeiro momento, em seu desespero, quando se viu abandonada, a moça conheceu um outro homem de charme incomparável e se deixou levar por seus sentimentos até se deitar na cama com ele. Mais tarde, ela descobriu que esse homem era o infame Sísifo, o maior dos trapaceiros, que chegou a tomar o lugar de Zeus no Olimpo com seus planos infalíveis. Era alguém que fora capaz de enganar a própria morte só com ágeis palavras e alto carisma. Sem dúvida, não havia como Anticleia resistir ao charme deste homem.

Semanas depois, a bela Anticleia descobriu que estava grávida e a moça não tem ideia de quem é o pai de criança. Terá sido de Sísifo ou de Laertes? Resta saber se ela contará do ocorrido ao seu noivo e se ele aceitará o pequeno Odisseu que está em sua barriga mesmo com a dúvida. Ou seria melhor agir como se nada tivesse acontecido?

 

Íris

A raça das harpias sempre foi considerada selvagem e irracional. Este conceito, no entanto, está mudando graças à harpia conhecida como Íris, que tem governado a ilha de Estrófades com sabedoria e civilidade. Ela tem sido uma grande aliada dos reis Oneu e Arcésio, ajudando bastante os navegantes da Talassa enviando um arco colorido aos céus para avisar de mares calmos e o fim de tempestades: O Arco de Íris.

Íris possui uma aparência bem peculiar em relação às outras harpias, pois detém duas majestosas asas que reluzem sete diferentes cores na luz do sol. Ela está casada com o titã Zéfiro, mestre dos ventos do Oeste. E, por onde passa, a sua chegada sempre é comemorada, pois é conhecida como a mensageira das boas notícias.

Paolo Flamminco 1540 – 1596

Autolico e Mestra

Autolico nasceu do ventre da bela Quione, que amada por dois deuses, engravidou de Autolico por Hermes e de Filammom por Apolo. Autolico herdou do pai todos os seus truques de um ladrão, se tornando o herói mais furtivo de toda história micênica. Além disso, recebeu do amigo Perseu um elmo mágico que concede o poder da invisibilidade.

Mestra era filha do lenhador Erisitão, que foi amaldiçoado por Demeter com uma fome insaciável. O lenhador vendeu todos os seus bens para comprar comida, incluindo sua filha Mestra. A jovem passou anos vivendo como escrava até ser libertada pelo deus Poseidon, que a presenteou com o poder camaleônico da mudança de forma.

Durante essa conturbada vida de aventuras, Autolico e Mestra se conheceram e se casaram. Eles tiveram duas belas filhas: Alcimede e Anticlea. No entanto, enquanto os dois heróis percorriam Micenas, eles deixaram ambas as filhas sob o cuidado de um nobre da Tessália. Agora, o casal deseja retomar o tempo perdido longe das suas filhas.

Eles passaram a residir na Ítaca com sua primeira filha Anticlea, que está prometida ao heróico Laertes, príncipe da ilha. No entanto, por anos, eles têm tentado ajudar sua outra filha Alcimede que sofre um triste destino. Ela está casada com Esão, o rei deposto de Iolcos, mantido prisioneiro há anos pelo atual rei Pélias. Infelizmente, até agora, eles não tiveram sucesso em resgatar o genro.